Publicada em 02/03/2017, às 09:03

Imbatível no Mineirão, Cruzeiro busca manter "perfeição" contra a Caldense

Com cinco vitórias em cinco jogos no Gigante da Pampulha, Raposa mantém caçada ao líder do Campeonato Mineiro, contra a Veterana, sem vencer há duas partidas

Cruzeiro está imbatível no Mineirão com cinco vitórias em cinco partidas disputadas (Foto: Washington Alves)

Ano novo, vida nova. O ditado popular serve bem para a relação entre Cruzeiro e Mineirão. No ano passado, principalmente no Campeonato Brasileiro, a equipe mostrou um rendimento abaixo do esperado atuando em casa. Mas 2017 começou, e o cenário mudou. Em cinco jogos disputados no Gigante da Pampulha, sendo um na condição de visitante, a Raposa teve 100% de aproveitamento. Para continuar a busca pela liderança, hoje nas mãos do Atlético-MG, a equipe de Mano Menezes encara a Caldense nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), em partida que encerra a quinta rodada do Campeonato Mineiro.

O Cruzeiro tornou-se imbatível este ano, no Mineirão, com as vitórias sobre Villa Nova - na condição de visitante - e Tricordiano (ambas por 2 a 1 e pelo Estadual), Atlético-MG (1 a 0) e Chapecoense (2 a 0), as duas pela Primeira Liga, e diante do São Francisco, (6 a 0) pela Copa do Brasil. No Brasileiro do ano passado, por exemplo, foram 17 jogos no Mineirão - dois aconteceram no Independência. A Raposa venceu cinco jogos, empatou sete e perdeu cinco, tendo um aproveitamento de 43,13%.

O Cruzeiro volta a campo oito dias depois. No meio desse período, o time teve um descanso de quatro dias para o Carnaval. A volta aos treinos ocorreu na terça, e o técnico Mano Menezes sinalizou uma novidade:a a volta do zagueiro Manoel, que estava com dores no pé direito, ao time titular. Desde o dia 9 de fevereiro, quando o Cruzeiro venceu a Chapecoense por 2 a 0, pela Primeira Liga, ele não começava jogando. Depois, foram mais quatro jogos. O restante do time será o mesmo que goleou o São Francisco por 6 a 0, pela segunda fase da Copa do Brasil, na última semana.

Leia Mais
- Vice-artilheiro no ano, Ábila quer ajudar Raposa a melhorar finalização
- Invencibilidade 15 jogos não ilude Mano na primeira fase do Mineiro
- Mano minimiza baixo rendimento do ataque e contusões no Cruzeiro
- Com Ramón Ábila no ataque, Cruzeiro está pronto para encarar o Uberlândia
- Leia mais notícias sobre Cruzeiro em www.futnet.com.br/cruzeiro

A Raposa está em segundo lugar com 10 pontos, cinco a menos que o líder Atlético-MG. Já a Caldense ocupa o sétimo lugar com cinco pontos, dois a mais que Tricordiano, primeira equipe dentro da zona do rebaixamento. A Veterana terá mudanças já que não tem o atacante Cristiano e o lateral-esquerdo Anderson, ambos no departamento médico, e o zagueiro Marcelinho, suspenso.

Para cobrir a ausência de Marcelinho, Thiago Carpini, que nas últimas partidas vinha atuando como volante, deve ser a opção para o setor defensivo. Outra possibilidade é o retorno do volante Hygor para a posição de Carpini. O atacante Diego Clementino, que vestiu a camisa do Cruzeiro entre 2003 e 2007, também poderá aparecer como surpresa da equipe em campo. A Caldense vem de dois empates no Estadual.

As informações de Cruzeiro x Caldense:

Local: Mineirão, Belo Horizonte- MG
Data e horário: quinta-feira, 20h30 (de Brasília)
Escalação provável do Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Diogo Barbosa; Henrique, Ariel; Thiago Neves, Robinho e Arrascaeta; Rafael Sobis. Técnico: Mano Menezes
Desfalques do Cruzeiro: Fábio e Dedé (não foram relacionados) e Judivan (com a preparação física)
Pendurado: ninguém
Escalação provável da Caldense: Neguet, Grafite, Thiago Carpini, Hélio e Rafael Estevam; Álvaro, Hygor, Mineiro e Maradona; Zambi (Diego Clementino) e Luiz Eduardo. Técnico: Thiago Oliveira
Desfalques da Caldense: Cristiano e Anderson Santos (lesionados) e Marcelinho (expulso na última partida)
Pendurados: Hélio e Zambi
Transmissão: Premiere e Premiere HD (com Rogério Corrêa e Henrique Fernandes)
Arbitragem: Jerferson Antônio da Costa, auxiliado por Breno Rodrigues e Douglas Almeida Costa

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Cruzeiro