Publicada em 02/03/2017, às 14:50

Fla-Flu que decide campeão da Taça Guanabara terá apenas torcida tricolor

Liminar é mantida e dirigentes não conseguem a permissão para que o estádio Nilton Santos recebe as duas torcidas no domingo. Clubes vão recorrer

Fla-Flu decisivo da Taça Guanabara será realizado no Nilton Santos, no próximo domingo, às 16h (Foto: Marcelo Baltar)

O Fla-Flu que decide o título da Taça Guanabara, marcada para o próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Nilton Santos, contará apenas com a torcida tricolor. A liminar de torcida única foi mantida e serão os torcedores do Fluminense que terão o privilégio de assistir a final no estádio, porque o clube foi apontado como mandante do confronto em sorteio realizado na Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) na última quarta-feira. Os clubes prometem recorrer para que a decisão seja disputada com arquibancadas 50 a 50.

A decisão foi tomada após audiência realizada nesta quinta-feira no Fórum do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, no Centro. A reunião contou com representantes dos clubes finalistas, do Botafogo, proprietário do estádio, Vasco, do poder público e da polícia.

- Não estamos trabalhando com essa possibilidade ainda (jogo fora do RJ). Flamengo, Fluminense e Federação apresentaram todos argumentos a favor da reconsideração, o Botafogo foi contra, pressionou por manter a decisão e assim foi definido. O MP também foi a favor de manter a decisão. Vamos aguardar o recurso. Vamos sentar com o Fluminense. Somos totalmente contrários a clássico com torcida única - disse Eduardo Bandeira de Mello, presidente rubro-negro.

Na última quarta-feira, o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio (TJD-RJ) havia emitido uma liminar determinando a realização da final no estádio Nilton Santos, com o argumento de que o Maracanã ainda não estaria em condições de receber uma partida deste porte. O descumprimento da decisão resultaria em pena de pagamento de multa de R$ 300 mil pela Ferj.

Leia Mais
- Palmeirenses valorizam reação e veem disputa aberta contra Cruzeiro
- Mattos despista sobre Diego Souza, mas não descarta novo atacante
- Renovação de Jefferson com o Botafogo caminha para final feliz
- Reforço do Grêmio chega nesta quinta-feira para realizar exames médicos

Na semifinal entre Flamengo e Vasco, disputada no último sábado, a liminar de torcida única havia sido suspensa excepcionalmente. No entanto, o jogo foi levado para o estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, porque a polícia do RJ não garantiu efetivo suficiente para a realização da partida no Engenhão em razão das festas de Carnaval.

Na quarta-feira, após reunião na Ferj que decidiu pelo estádio Nilton Santos, os presidentes de Flamengo e Fluminense deram a entender que poderiam tomar alguma medida, juntos, caso fosse decidido por torcida única no clássico. O diretor de competições da Ferj, Marcelo Vianna, disse que o jogo aconteceria de qualquer jeito no domingo, no estádio escolhido.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Últimas