Publicada em 01/03/2017, às 09:13

Com seis gols em seis jogos, Sobis tem o melhor início de ano da carreira

Levantamento leva em conta apenas os jogos oficiais feitos pelo atacante no começo de temporada. Além dos seis gols, Sobis fez mais três em amistoso com o Brasília

"Panela velha é que faz comida boa". O verso, cantado por Sérgio Reis na música "Panela Velha", virou praticamente um provérbio na sociedade brasileira para defender algo ou alguém com idade mais avançada. E ela, de certa forma, se encaixa bem ao momento da carreira de Rafael Sobis. Com 31 anos, ele não é idoso, mas no mundo do futebol pode ser tratado como "experiente". Em 2017, com a camisa cruzeirense, o atacante marcou seis gols em seis jogos oficiais, números que conferem este início de temporada como o melhor dos 14 anos de carreira do jogador.

Não foi muito difícil para Sobis conseguir alcançar a melhor marca na carreira no começo do ano. Bastaram dois jogos. Dois gols ele marcou contra o Tupi, na vitória por 4 a 0 sobre o Tupi, pelo Campeonato Mineiro. Os outros quatro vieram na goleada por 6 a 0 diante do São Francisco-PA, em jogo pela segunda fase da Copa do Brasil.

Nos outros quatro jogos oficiais em que entrou em campo, o atacante passou em branco: Villa Nova-MG e URT (Campeonato Mineiro), Atlético-MG (Primeira Liga) e Volta Redonda (Copa do Brasil). O jogador ainda marcou três gols na goleada por 8 a 2 sobre o Brasília, em amistoso, antes da estreia oficial.

O desempenho no começo do ano supera todo o do ano passado pelo Cruzeiro. Rafael Sobis chegou em 23 de junho, após o clube celeste pagar um alto valor ao Tigres, do México. A estreia foi na derrota por 3 a 0 para o Atlético-PR, no Mineirão, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, em 11 de julho, ainda sob o comando do português Paulo Bento. Até o fim do ano passado, o jogador disputou 28 jogos e marcou quatro gols.

O melhor começo de ano de Sobis, até então, havia ocorrido em 2009, na primeira temporada com o Al-Jazira, dos Emirados Árabes. Naquela época, o jogador marcou quatro gols nos primeiros seis jogos (veja na tabela ao lado o desempenho do jogador nos primeiros seis jogos em cada temporada).

Leia Mais
- Fábio critica "haters" e fala sobre sondagem de rival: "Se fosse por dinheiro, já tinha saído"
- No Instagram, Fábio pede 'menos ódio' aos críticos
- Em jogo de reviravoltas, Cruzeiro busca empate no Mineirão e impede Grêmio de ser líder
- Fifa intima Cruzeiro a pagar dívida por Ábila, mas time promete recurso
- Leia mais notícias sobre Cruzeiro em www.futnet.com.br/cruzeiro

O melhor começo da carreira de Rafael Sobis coincide com uma mudança de posicionamento do atacante. No ano passado, ele vinha atuando mais pelos lados e recuado. Agora, atua mais centralizado, como um homem gol do Cruzeiro. Mano Menezes disse que não cogita a possibilidade de o atacante voltar à posição do ano passado.

- Não estou pensando nisso (em colocar o Sobis pela ponta). Estou pensando é que, se ele continuar fazendo gols, vou mantê-lo no lugar onde está fazendo gol. Ano passado, ele fez pouquinho (gols), este ano já fez bastante, jogando nessa posição, então, por uma questão de lógica, vou manter. Ele vai disputar posição ali, como atacante, por dentro - garantiu o treinador.

Rafael Sobis disputa a posição com Ramón Ábila. O argentino já fez seis gols no ano, sendo cinco em partidas oficiais. Os dois jogadores concentram pouco mais da metade dos gols marcados pela Raposa, na temporada (11 em 20 marcados). Sobis entra em campo na próxima quinta, quando tentará ajudar o Cruzeiro a vencer a Caldense, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Cruzeiro