Publicada em 28/02/2017, às 12:33

É problema ou não? Falta de gols do Vasco em 2017 entra em discussão

Torcedores ficam preocupados com o número, o pior entre os grandes na Taça Guanabara. Especialistas consultados pelo LANCE! comentam sobre o assunto

Treino do Futebol Profissional - Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

O gol é o momento mais importante do futebol. É ele que decide uma vitória, uma classificação, um título... Sem fazer a rede adversária balançar, os times enfrentam problemas que prejudicam o planejamento que se tem para a temporada. E no Vasco isso vem sendo observado neste 2017, mesmo que apenas dois meses terem passado e o entrosamento não é o ideal. Os torcedores se preocupam com esta situação e com isso o LANCE! levanta a discussão: é um problema ou não no momento não fazer os gols?

Para o lateral-direito Gilberto, a falta de gols ainda não é um problema para a equipe. O defensor do Vasco argumentou em entrevista coletiva na última segunda-feira que a falta de entrosamento faz com que os gols vascaínos acabem não saindo, mesmo com a equipe criando oportunidades. A solução para resolver esta questão, de acordo com o atleta, é tentar ganhar com a qualidade técnica por conta de o futebol não dar muito tempo para preparação.

- Acho que a gente cria muito, mas ainda não estão saindo os gols. Não tem que ficar procurando culpado nos atacantes. É um todo. A gente tem que tentar buscar todas as soluções possíveis para resolver a situação. Ainda não é um problema, é começo de temporada. A questão do entrosamento é importante. No futebol não dá tempo, temos que buscar ao máximo nos preparar, treinar, focar, tentar ganhar com a nossa qualidade técnica - comentou o jogador.

Leia Mais
- Fabuloso falha na busca pelo gol, mas não desanima: "Uma hora entra"
- Análise: cinco novidades do Vasco montado por Milton Mendes
- Sem brilho, com vitória: Vasco bate o Madureira na estreia de Milton Mendes
- Fla x Vasco: governo do DF promete esquema especial de segurança
- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco

Enquanto Luis Fabiano não tem condições de estrear, a missão de fazer os gols fica com Thalles na equipe titular de Cristovão Borges. Vale lembrar que durante a participação na fase de grupos da Taça Guanabara, o Vasco fez apenas seis gols, o pior no fundamento em comparação com os demais times grandes do Rio de Janeiro (o Flamengo fez 17 gols, o Fluminense fez 14 e o Botafogo, sete). Nesta quarta-feira, contra o Vila Nova, a torcida espera que os gols saiam e o problema seja enfim sanado.

O LANCE! consultou especialistas sobre o assunto. Acompanhe a seguir as opiniões:

MAURO BETING (Esporte Interativo)
"São números muito ruins. Claro que o Gilberto chegou agora e não pode ser responsabilizado por isso, mas os números são fracos e o desempenho no ataque também é ruim. Defensivamente, o time está longe do ideal. Muito longe do Flamengo e até do Botafogo, que não estava "nem aí" para a Taça Guanabara e do Fluminense, que esteve mais presente, mas também não jogou bem contra o Madureira. Dá para entender um pouco, tem desentrosamento e mudança. Mas é o momento de reestruturação do Vasco e o próprio Gilberto está entrando nesse momento da equipe. Acho que o Gilberto tem algumas razões, mas só isso não justifica o desempenho fraco da equipe do Vasco"


JOÃO CARLOS ASSUMPÇÃO (Colunista do L!)
"Não é só a falta de gols que deveria preocupar os vascaínos. Discordo de Gilberto quando ele diz que ainda não há motivos para inquietação por estarmos no começo da temporada. Há motivos e muito. O Vasco não tem apresentado um padrão de jogo, não mostra criatividade, tem um meio-campo falho na saída de jogo, um ataque inoperante e uma defesa que não passa de razoável. Pode melhorar? Claro que pode, mas é, dos quatro grandes do Rio, o time e o elenco mais fraco e esse ano não disputa a Série B do Brasileiro. Disputa a A, não nos esqueçamos disso. Ou seja, motivos para preocupação não faltam"

Fonte: LanceNet
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Vasco da Gama