Publicada em 15/02/2017, às 15:22

Palmeiras já se arma para não perder Mina ao Barcelona no meio do ano

Clube tem contrato com o zagueiro até o meio de 2021, mas clube espanhol tem preferência para comprá-lo. Mattos foi tratar com dirigentes catalães sobre o zagueiro

Mina pode fazer a estreia da temporada contra o São Bernardo, nesta quinta-feira (Foto: Luis Moura/WPP)

O Palmeiras não está disposto a perder Mina na próxima janela de transferências e já começou a trabalhar. Embora o contrato com o zagueiro de 22 anos seja válido até o meio de 2021, o Barcelona tem preferência de compra por um valor mais baixo que o da multa rescisória. Por isso, Alexandre Mattos foi à Europa nesta semana.

O diretor de futebol estava na França e assistiu ao jogo entre PSG e Barça. Ele aproveitou para conversar com a diretoria catalã sobre o colombiano - a intenção do clube é mantê-lo, pelo menos, por mais um ano. A informação foi publicada pelo jornalista Paulo Vinícius Coelho.

Contratado para o Brasileiro de 2016, Mina já recebeu sondagens na última janela, mas não houve propostas. O Barcelona tem prioridade para contratá-lo por 10 milhões de euros (R$ 34 milhões), só que não manifestou o desejo de levá-lo até o momento.

Leia Mais
- Tarde do Palmeiras após derrota tem reservas e recuperação de Tchê Tchê
- Tchê Tchê esclarece polêmica com Gabriel e diz que foi brincadeira
- Sem blindar Palmeiras de cobrança, Prass prevê evolução até Libertadores
- Borja tem contrato regularizado e fica próximo de estreia pelo Palmeiras
- Leia mais notícias sobre Palmeiras em www.futnet.com.br/palmeiras

Há uma semana, o clube deu a Mina um aumento salarial e também elevou o valor da multa rescisória. Ele tem apenas 15 jogos pelo clube, mas foi um dos destaques do Campeonato Brasileiro do ano passado, com direito a quatro gols marcados, sendo que Corinthians, Santos e São Paulo estão entre as vítimas. Depois de fazer um trabalho físico no início da temporada, ele pode estrear em 2017 nesta quinta-feira, contra o São Bernardo.

Fonte: LanceNet
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Palmeiras