Publicada em 07/02/2017, às 21:37

Corinthians cogita desistir de Pottker se atacante jogar pela Copa do Brasil

Timão fica insatisfeito com postura da Ponte, que relacionou jogador para duelo pelo torneio. Atacante só poderia defender futuro clube em Sul-Americana e Brasileiro

Pottker foi relacionado para jogo da Ponte nesta quarta-feira (Foto: Fábio Leoni / PontePress)

O Corinthians ameaça desistir da negociação com William Pottker caso o atacante entre em campo pela Ponte Preta contra o Campinense, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.

A questão é simples: se Pottker ficar pelo menos no banco de reservas, ele não poderá mais atuar pelo Timão no torneio. No Campeonato Paulista, ele também está inscrito pela Ponte.

A diretoria alvinegra está monitorando a situação do jogador, que está relacionado para o confronto e viajou com a delegação da Macaca a Campina Grande. O clube já conversou com representantes da equipe de Campinas e manifestou desejo de não ver Pottker em campo.

Leia Mais
- Clayson é relacionado, festeja chance e promete 'honrar a camisa' do Timão
- Pablo se recupera de dores na coxa e será titular no Serra Dourada
- Corinthians busca melhorar produção ofensiva, e Clayson já vira alternativa
- Dívidas, especulações e rival 'desleal': presidente do Corinthians abre o jogo
- Leia mais notícias sobre Corinthians em www.futnet.com.br/corinthians

A Ponte mantém sua posição, diz que não recebeu contato do Corinthians sobre o assunto e não abre mão de contar com o atacante na Copa do Brasil. Já havia um consenso no clube de que não seria necessário inscrever o jogador na Copa Sul-Americana, que também começa no primeiro semestre. Caso Pottker entre no jogo desta quarta, ele só poderia disputar o torneio internacional e o Campeonato Brasileiro pelo Corinthians.

A Ponte aceitou a oferta corintiana, que gira em torno de R$ 7 milhões por metade dos direitos de Pottker, além do empréstimo gratuito do zagueiro Yago e do atacante Lucca, que já estão em Campinas e disputarão a temporada no Moisés Lucarelli. A negociação estava em curso desde o início do ano, mas a Macaca não topou ceder o jogador antes do estadual.

Contratado pela Ponte em maio, após se destacar pelo Linense e despertar interesses de times como Botafogo e Santos, Pottker ganhou fama ao terminar como artilheiro do último Campeonato Brasileiro, com 14 gols. Aos 23 anos, o atacante começou a carreira no Figueirense e defendeu também Gandzasar (Armênia), Ventforet Kofu (Japão), RB Brasil, Linense e Braga B (Portugal). No Corinthians, chegaria como aposta para o ataque.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Corinthians