Publicada em 12/01/2017, às 09:15

Com reservas, Galo perde para o Bayer Leverkusen pelo Torneio da Flórida

Com gol do Chicharito Hernández, no início do segundo tempo, Atlético-MG é derrotado pelo time alemão, por 1 a 0; Alvinegro volta a jogar no sábado

Chicharito fez o gol da vitória do Bayer Leverkusen, por 1 a 0, sobre o Atlético-MG, pelo Torneio da Flórida (Foto: AFP)

Com apenas alguns jogadores profissionais no elenco, o Atlético-MG foi derrotado pelo Bayer Leverkusen, por 1 a 0, nesta quarta-feira, em sua primeira partida no Torneio da Flórida 2017, no complexo Wide World of Sports, em Orlando.O gol da vitória do time alemão foi marcado por Chicharito Hernández, aos seis minutos do segundo tempo. A equipe mineira enviou apenas jogadores reservas para a edição deste ano da competição. O elenco principal permaneceu na Cidade do Galo realizando a pré-temporada sob o comando do novo técnico, Roger Machado.

O Leverkusen, que já havia estreado na competição (venceu o Estudiantes-ARG, nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal), chegou aos cinco pontos (três da vitória sobre o Atlético-MG, um do empate com o Estudiantes e um pela vitória nos pênaltis contra o time argentino). Já o Galo não tem ponto.

O Atlético-MG volta a jogar no sábado, às 19h (de Brasília), contra o Tampa Bay Rowdies, dos Estados Unidos, no Al Lang Stadium, em São Petersburgo, na Flórida, encerrando sua participação na edição 2017 do Torneio da Flórida.

Leia Mais
- Nepomuceno confirma jogo com torcida única e recebe crítica da Raposa
- Atlético-MG se reapresenta após classificação de olho na parte física
- Cazares emplaca boas atuações, marca 1º gol em 2017 e vira boa opção para clássico
- Copa América 2019 será disputada em sete cidades brasileiras
- Leia mais notícias sobre Atlético-MG em www.futnet.com.br/atletico

O jogo

No primeiro tempo, poucas emoções marcaram o duelo entre Galo e Leverkusen. As melhores chances foram do time alemão, que chegou em cinco lances, contra uma do time mineiro. Aos 18 minutos, Chicharito foi desarmado parcialmente por Nathan, e Rodrigão afastou o perigo. Dois minutos depois, Henrichs invadiu a área atleticana e bateu rente à trave.

Aos 30, o Bayer Leverkusen quase abriu o placar. Çalhanoglu arriscou um chute, e Uilson fez grande defesa. No rebote, Brandt finalizou, e o goleiro do Galo segurou. A melhor, e única, chance do Atlético-MG na primeira etapa aconteceu aos 34, quando Elder lançou Carlos, que ficou cara a cara com o goleiro Leno. O atacante alvinegro, no entanto, estava impedido, e a jogada foi paralisada.

A equipe alemã quase marcou aos 44. Brandt aproveitou rebote da defesa do Galo e tocou na saída de Uilson. A finalização saiu fraca, e a zaga afastou para longe. Nos acréscimos, aos 46, Çalhanoglu cobrou falta por cima da barreira e acertou a trave esquerda de Uilson, que nem se mexeu.

Segundo tempo

O Bayer Leverkusen abriu o placar aos seis minutos. Chicharito aproveitou cruzamento de Çalhanoglu, da direita, e cabeceou sem chances de defesa para Uilson. Se pareceu que o gol ia animar o jogo, que nada! A partida seguiu como na primeira etapa, sem muitas emoções, pelo menos nos 20 minutos seguintes.

Aos 26, Pohjanpalo, dentro da área atleticana, bateu rasteiro, e obrigou Uilson a fazer grande defesa. O time mineiro fez boa jogada aos 31, quando Capixaba disparou pela direita, foi à linha de fundo e cruzou para a pequena área. Danny da Costa tirou da cabeça de Elder. E foi o que de mais destaque aconteceu até o apito final.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Atlético-MG