Publicada em 12/01/2017, às 09:16

Chapéu e letra: Pedrinho empolga os tricolores e se apresenta com jogadaça

Jovem de 18 anos é mais uma das promessas de Xerém e vem ganhando espaço nos juniores. Contratado do ABC em 2014, meia franzino começou a Copinha no banco

Pedrinho, do Fluminense, fez grande jogada na Rua Javari: chapéu, letra e gol (Foto: Reprodução)

Pedrinho ainda não era muito conhecido da torcida do Fluminense. Sequer era titular dos juniores. Mas bastou uma jogada de cinema para se apresentar e animar os tricolores. O lance aconteceu ainda no primeiro tempo da vitória por 4 a 2 sobre o Figueirense e pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O jovem de 18 anos brigou pela bola no meio-campo, se livrou da marcação com um chapéu e lançou Pedrinho com um passe de letra. A jogada terminou em pênalti e gol do Flu, convertido por Paulinho.

- Foi um lance muito rápido. Pensei em dar o chapéu e achar o Paulinho. Só tinha feito lances bonitos assim em pelada. Em jogo com transmissão foi a primeira vez. Quando percebi o que tinha acontecido, pensei: ''O que eu fiz!?" (risos). Ai todos vieram me abraçar. Se o Paulinho faz o gol de primeira seria mais bonito, mas no fim deu certo. Pude ajudar com duas assistências e estou muito feliz pela minha atuação. Agora vamos com tudo para a próxima fase - disse Pedrinho ao GloboEsporte.com após o jogo.

Prestes a completar 19 anos (faz aniversário no próximo dia 20), Pedrinho vem ganhando espaço em Xerém. Até pouco tempo, o meia franzino era a terceira opção e chegou a ficar fora da lista de convocados para a Copa RS - disputada no fim de 2016. Tanto que completou alguns treinos do elenco profissional durante a competição.

Leia Mais
- Henrique Dourado comemora retorno aos gramados e se diz pronto para o Fla-Flu
- Estado do Rio avisa que não tem prazo para definir o futuro do Maracanã
- Osvaldo se despede do Flu; Abel classifica saída como 'boa para todos'
- Abel Braga revela assédio, mas faz elogios e garante Maranhão e Daniel
- Leia mais notícias sobre Fluminense em www.futnet.com.br/fluminense

Mas a história mudou em 2017. Ele deixou alguns concorrentes para trás e começou a Copinha no banco. Foi assim nas duas primeiras rodadas. Virou titular apenas contra o Grêmio Osasco, na vitória que garantiu a classificação do Flu, e já se destacou nas jogadas de bolas paradas e enfiadas de bola.

Cria do ABC, Pedrinho chegou a Xerém em 2014. Assim como agora, precisou de pouco tempo para mostrar suas credenciais e ser contratado pela diretoria tricolor. O foco agora é garantir o título da Copa São Paulo. Em seguida, o passo da vez será conseguir chamar a atenção do técnico Abel Braga.

- Joguei uma competição pelo ABC no Rio. Entrei em um jogo só porque o time era mais velho, mas era justamente quanto tinha gente do Fluminense acompanhando. Naquela época, nem tinha empresário. Sei que Xerém sempre revela grandes jogadores. Minha expectativa agora é ser campeão da Copinha. Lá na frente, se Deus quiser, vou estar à disposição se o Abel precisar.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Fluminense