Publicada em 11/01/2017, às 15:43

Corinthians não pagou pela compra de Carlinhos, destaque na Copinha

Clube comprou 50% dos direitos econômicos do Novorizontino, mas ainda não quitou o valor. Presidente do clube do interior crava: "Ele é a cara do Timão"

Carlinhos em ação no duelo do Corinthians contra o Taubaté na Copinha deste ano (Foto: Agência Corinthians)

Em crise financeira, o Corinthians tem mais um problema para resolver nas próximas semanas. O Timão ainda não pagou o Novorizontino pela compra de 50% dos direitos econômicos do atacante Carlinhos, artilheiro e grande destaque do clube na Copa São Paulo Júnior. Os valores não foram revelados.

– Não estamos pressionando de forma nenhuma, mas acordo é acordo. Foi em 2014 esse acordo. Não precisava chegar a esse ponto, mas, já que chegou, vamos ser profissionais para acertar. Estamos tratando tudo com bastante cuidado, porque temos um bom relacionamento com o Corinthians – afirmou o presidente do Novorizontino Genilson da Rocha Santos.

Carlinhos, hoje com 19 anos, chamou a atenção do Corinthians em 2014 depois de amistosos contra a equipe sub-17. Com 1,95m, o atacante foi incorporado à base e passou a treinar esporadicamente com os profissionais. No ano passado, acabou promovido ao grupo principal, mas não chegou a atuar no Brasileirão. O contrato vai até o fim de 2020.

Leia Mais
- Giovanni Augusto volta a treinar no Corinthians, que segue sem Camacho
- Sissoko leva 'não' de Corinthians, Galo e Inter e jogará Série B na Itália
- Corinthians faz máscaras de Gabriel e Maycon: "Tudo pronto pro Carnaval"
- Árbitro que errou no Dérbi recebe broncas e afagos da FPF e da CBF
- Leia mais notícias sobre Corinthians em www.futnet.com.br/corinthians

– O Corinthians tem o atleta, tem o contrato... vai ser muita irresponsabilidade ou até mesmo incompetência abrir mão de tudo com um atleta desse potencial. Acredito que não teremos problemas com isso. Eles passam a dificuldade que estão tendo, mas é aquilo: o clube não vive só de satisfação. É preciso que aconteça – ressaltou Genilson.

Reserva do time vice-campeão da Copa São Paulo em 2016, Carlinhos virou titular para essa edição e brilhou na primeira fase, com seis gols em três partidas. O Timão enfrenta o Manthiqueira, nesta quarta, às 18h45, em Taubaté, pela segunda fase.

Apesar da falta de pagamento, o Novorizontino descarta momentaneamente uma briga judicial para receber o montante. Procurado pela reportagem via assessoria de imprensa, o gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, está em reunião e ainda não respondeu.

– Ele poderia estar aqui no elenco do Novorizontino, o que me faria economizar com a folha de pagamentos – lembrou Genilson.

Problemas disciplinares e “pérola” na mão do Timão

Carlinhos chegou ao Novorizontino em 2013 com um histórico que assustou aos dirigentes. O jogador já havia passado pela base de São Paulo, Cruzeiro e Santos, mas sem conseguir se firmar. O motivo: problemas disciplinares.

– Achamos aquilo estranho. Eu chamei o pai dele para conversar e disse que aqui ele precisaria se tornar profissional. Ele tinha um problema grande com disciplina, por qualquer coisa não aparecia para treinar. Aqui conseguimos reeducá-lo para o futebol. Temos um sistema simples, mas que funciona. Ele foi pegando gosto – recordou o dirigente.

O presidente do Novorizontino acredita que Carlinhos tenha condições de se firmar na equipe profissional do Corinthians após a Copa São Paulo. O jogador deve ser reintegrado ao grupo, mas ainda sem chances garantidas, principalmente pela grande concorrência no setor.

– O Corinthians tem uma pérola nas mãos. Quando contrataram o Gustavo no ano passado, eu achava que poderiam ter dado essa oportunidade ao Carlinhos. Ele é a cara do Timão. Não tenho dúvidas de que a torcida vai carregá-lo nos braços.

Procurado pela reportagem via assessoria de imprensa, o gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, admitiu a dívida e disse que o assunto está sendo tratado pelo departamento financeiro.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Corinthians